Sem você vez por outra eu chumbregava, beijava, cafunezava, mas não sentia paixão. Você me aparece, assassina de tristeza, pressagiozinho calmoso que cutuca meu peito incutucável. E num piscar de relâmpago fiquei preso em seu cordão...


É objeto desta proposta de patrocínio a gravação e prensagem de 2000 cópias do CD "Cutuca meu peito incutucável", de Túlio Borges. Um álbum de canções lindas e apaixonadamente elaboradas, que falam de desejo, de paixão e que cutucam as feridas de todo coração que já amou.
 

Sobre Túlio Borges

"Proponho aos ouvidos atentos prestarem bastante atenção ao trabalho musical de Túlio Borges. Depois a gente conversa." A assertiva é do musicólogo e crítico de música Zuza Homem de Mello, a respeito da produção musical do cantor e compositor brasiliense. Pianista por formação, Túlio Borges já foi premiado em diversos festivais do país por sua criação musical poética e híbrida. Seu álbum de estreia, Eu venho vagando no ar (2010), é festejado pela crítica especializada pela profundidade, delicadeza e poesia calorosa, o perfeito domínio de textos e ideias, a cuidadosa feitura e, de acordo com Tárik de Souza, por ser um manifesto de um novo e singular artista. O disco foi nomeado como um dos 50 melhores do ano pela Revista Manuscrita, indicado para o Prêmio da Música Brasileira e rendeu ao autor o prêmio de Melhor Cantor Independente de 2010, concedido pela Rádio Cultura de São Paulo.

Em 2015, o Túlio Borges lança o álbum BATENTE DE PAU DE CASARÃO, eleito dentre os 1252 lançamentos nacionais, o 2° melhor disco brasileiro de 2015 (ver lista completa). Neste trabalho, que circulou pelas cidades de Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Guaíba-RS, Recife, Caruaru-PE e São José do Egito-PE, Túlio alia a reconhecidamente singular musicalidade brasiliense às suas raízes nordestinas. A história do disco perfaz o caminho de São José do Egito (PE), terra dos maravilhosos vates do repente, dos nomes quase sagrados na poesia popular nordestina como o de Louro do Pajeú, Rogaciano Leite e Antonio Marinho, até a capital do país, Brasília. O álbum fia cuidadosamente parcerias de Túlio com poetas nordestinos, como o Jessier Quirino (PB) e Climério Ferreira (PI), que se constituem em entoações contemporâneas e citadinas e um novo perfil sonoro para a poética do sertão. 
 
Todos os álbuns estão disponível para streaming e download em: tulioborges.com. Lá você também encontra fotos em alta resolução, letras, cifras, além do blog do músico.


REPERTÓRIO

CANTIGA
(Clésio / Clodo Ferreira)
CURVAS
(Zeto do Pajeú)
ENXERIDA NO CONTEXTO
(Túlio Borges / Jessier Quirino)
MODELO MARIE CLAIRE
(Afonso Gadelha / Túlio Borges)

GRANDES OLHOS
(Aldo Justo / Alexandre Marino)
ELA LEVANTOU OS BRAÇOS E EU MORRI DE AMORES
(Afonso Gadelha / Túlio Borges)
VEM NÃO
(Nílson Chaves / Eliakim Rufino)
SENDO POR TI QUEM NÃO SOU
(Túlio Borges / Climério Ferreira)

FICHA TÉCNICA

Direção musical - Túlio Borges
Daniel Félix - Mixagem (Estúdio MixRuts - DF)
Scott Hull - Masterização (Masterdisk - NY/EUA)
Fotos - Diego Bresani
Encarte - Fabrício Olivieri

CONTRAPARTIDAS

São possíveis contrapartidas aos colaboradores deste projeto: 

  • Realização de show e/ou pocket-show institucional
  • CDs exclusivos para a empresa apoiadora
  • Workshops

PREVISão de conclusão

Junho/2016


CONTATO

Túlio Borges
(61) 9154.5410
producao.tulioborges@gmail.com