o passeio, o nino, dori, o angico, o pica-pau e os versos do poeta mané xudu

admiro o pica-pau
fazer buraco em angico
tem hora que é taco-taco
tem hora que é tico-tico
nem sente dor de cabeça
nem quebra a ponta do bico

"Mané Xudu se destacou dos demais repentistas pelo extraordinário poder de observação. Suas estrofes refletem os mínimos detalhes que a natureza projeta na matéria-prima utilizada pelo grande poeta. Seus olhos funcionavam como verdadeira máquina fotográfica, registrando o que às vezes os olhos não distinguiam. O pica-pau é uma ave que passa o tempo todo picando as árvores e, na ausência destas, já picaram até naves espaciais, atrasando-lhes a hora do voo" - do livro Mané Xudu - o imortal do repente (Pedro Ribeiro)

Comment