Uma coisa muito linda aconteceu domingo passado... Brasília está tão seca e quente, o domingo começou nessa pisadinha de sequidão e quentura. No início da tarde, voamos do almoço para encontrar a querida cantora e compositora Lucina, que esteve na cidade. Esteve para fazer uma premiere do filme Yorimatã, sobre a dupla Lulhi e Lucina e também um show. Perdi os dois... Mas então, corremos depois do almoço para pegá-la ainda em Brasília. Na chácara Leão da Serra, uma maravilha: clima gostoso de sombra de árvore, beira da piscina, os amigos Lúcia Leão, Vicente Sá, Renato Matos, Aloísio Brandão e Flávio Faria todos lá, cantávamos e falávamos. Já estaria tudo ótimo, mas ficaria ainda melhor.

O violão uma hora vagou pra mim e comecei a cantar algo, talvez mostrar uma nova parceria com o Mauro Aguiar. Isso quando cantando olho pro lado direito e vejo uma bolinha verde voando na minha direção. Continuava vindo. E como não parava fechei o olho por reflexo pra me preparar pro choque. Não houve trombada, o periquitinho verde pousou no violão. Mal entendíamos, quando recuperei o fôlego e me preparei para prosseguir cantando, bati um acordo, abri a boca e... Dá-lhe uma garfada na minha perna e voa pena, periquito pra um lado, eu de olho fechado de novo pra abrir e ver um gato que tentou dá-lhe no passarinho. Recolhemos depressa o periquito pra nenhum gato tascá-lo. Perna sangrando, segura no bichinho pra gato nenhum, Lucina aparece com um sabão de coco, lava minha perna, Lúcia Leão traz uma melancia pro periquito, Aloísio Brandão se descabela pra eu me desinfetar quando chegasse em casa, Renato Matos dá nome ao bicho de periquitúlio, Marina tira fotos, acarinha o bicho que soltava ruído de quem gosta , a amiga de Lucina fica do lado da gataria, Flávio Faria diz que eu encantei a ave e Vicente Sá não diz nada que - milagre - naquele dia estava calado. 

Tudo bem, tudo bom. A bolinha verde e eu ficamos amigos: pousou no meu ombro toda a tarde, comeu da minha mão, posou pra fotos, beliscou do meu lábio, brincou com os óculos e fez menção de ir pra casa comigo e Marina. Quando já despedidos de todos, nós três chegamos no carro, o verdinho me coçou o pescoço e voou pra uma cumeeira. O final mais feliz.

Amei muito aquele periquitinho ali naquela tarde de carinhos trans-espécie.

  Já teria sido muito bom só pelo encontro com esta querida: Lucina

Já teria sido muito bom só pelo encontro com esta querida: Lucina

  Sim, rolou beijoca...

Sim, rolou beijoca...


Comment